De maneira simultânea à vacinação dos idosos (acima dos 65 anos) e trabalhadores da saúde (acima dos 35 anos), a Prefeitura de Arapongas iniciou nesta quinta-feira, 15, na aplicação da 1ª dose da vacina contra a Covid-19 nos profissionais da Segurança Pública, no Espaço Cultural Milene (Feira da Lua). Nesta primeira etapa, serão vacinados 40 Guardas Municipais (GM) – que atuam nos serviços operacionais, ou seja, linha de frente nos trabalhos realizados nas Ruas de Arapongas. Amanhã, 16, a ação será estendida para 30 policiais militares – da 7ª CIPM. Ainda hoje, 15, outros 30 PM’s já receberam as doses iniciais em ação ocorrida no 10º Batalhão de Polícia Militar do Paraná – Apucarana (10º BPM).

O secretário da Saúde, Moacir Paludetto Jr, afirma que à medida em que mais doses foram recebidas, mais grupos de profissionais da Segurança Pública serão contemplados. “ Dentro de uma margem segura de doses demos início à vacinação dos GM’s e Policiais Militares em Arapongas – grupo prioritário já previsto no Plano Nacional e Estadual de Imunização. Bem sabemos que quanto mais pessoas vacinadas, menor é o risco de circulação do vírus. Estamos acompanhando as ações de distribuição das doses feitas pelo Governo Federal e Estadual, e assim que possível avançaremos ainda mais esse esquema de vacinação“, disse.

O secretário de Segurança, Paulo Argarti, esteve presente no primeiro de vacinação da Guarda Municipal de Arapongas. “ Esse início marca um dia importante para a nossa GMA, que desde o início da pandemia está atuante, inclusive em apoio às ações da Secretaria de Saúde, e nos afazeres diários. A Segurança Pública não cessou nenhum momento, por isso, a importância de os nossos GM‘s tomarem a vacina. Com esse início vacinaremos cerca de 80% – 1ª dose –  do efetivo que executa atividades operacionais. Queremos ver todo o efetivo vacinado”, afirmou. O prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre, acompanhado do deputado federal, Pedro Lupion (DEM), também acompanhou parte das ações.

A previsão do Governo do Paraná é de que até o final de maio todos os profissionais da Segurança e das Forças Armadas que atuam no Estado sejam vacinados.