Com aprovação da Câmara de Vereadores, a Prefeitura de Arapongas quer avançar com o projeto que visa a contratação de uma empresa especializada para a instalação de uma usina fotovoltaica, que se utiliza de sistemas fotovoltaicos de grande escala, com painéis responsáveis por transformar a radiação solar em energia elétrica de corrente contínua. O objetivo do projeto visa suprir o consumo de energia dos prédios públicos. 
Segundo o vice-prefeito Jair Milani, o próximo passo consiste na abertura de processo licitatório. “Estamos em busca de tornar os prédios públicos mais sustentáveis e eficientes. Com esse projeto piloto, temos a ideia de fazer com que o Paço Municipal seja o primeiro a receber a energia solar. Em seguida, demais repartições também irão ser contempladas. Um investimento que vai valer a pena, gerando economia para o município”, pontua. 
O município poderá realizar a contratação da empresa especializada no serviço, por meio licitatório próprio, com pagamento de forma parcelada. O valor de contrato deve ser de até R$ 10.280.835,00. 
Demais prefeituras de diferentes regiões do país já utilizam o sistema de energia solar, tais como Novo Hamburgo (RS), Belo Horizonte (MG) e Votuporanga (SP).