Denúncias nesta semana deram conta de que em um terreno localizado na Rua Choca Zebrada, no Jardim Mônaco II, uma grande quantidade de lixo industrial foi descartada irregularmente. Preocupados com a situação, a Prefeitura de Arapongas, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Serviços Públicos e Meio Ambiente (Seaspma) e o Sindicato das Indústrias de Móveis de Arapongas (SIMA) orientam para que a população não pratique tal ato. E, se possível, que denuncie quem venha a realizar o descarte. Segundo o secretário da pasta, Renan Manoel, devido ao grande volume de lixo acumulado, as equipes executam a limpeza do local nesta terça-feira, 15, e amanhã, 16. “Recebemos essa denúncia de descarte irregular de restos de materiais industriais e estamos trabalhando em sua remoção e correta destinação. É importante que cada um, desde a dona de casa ao empresário, tenham consciência e respeito ao meio ambiente. Todos sabemos que é proibido o descarte de qualquer lixo, seja ele comum, reciclável, hospitalar, industrial, entre outros, em locais inadequados. Atos irresponsáveis geram danos para a nossa cidade e ao meio ambiente”, frisa. 
O diretor executivo do SIMA, Sílvio Luiz Pinetti, salienta que em Arapongas existe o Centro de Tratamento de Resíduos Industriais (Cetec), que faz o recolhimento das sobras do setor industrial. “Desde 1998, a Cetec realiza esse trabalho em Arapongas. Por isso, pedimos a colaboração dos empresários para que façam o correto. Não há motivos para o descarte irregular desses materiais. Foram localizados muitos restos de estofados, entre outros, tornado o terreno um lixão irregular. Não queremos isso. Atos irregulares de alguns acabam por manchar a reputação de toda uma cadeia e nós não queremos isso”, reforça. 
Em caso de denúncias, informações ou dúvidas por parte da população, basta acionar a Guarda Ambiental através do 153 ou a Secretaria do Meio Ambiente pelo 3902-1194.