O prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre, assinou na manhã desta quarta-feira (29) a ordem de serviço para o início das obras da ligação viária, através de ponte, entre o Morumbi e Novo Imperial ao Novo Centauro. No mesmo ato, representantes da empresa Kapa Construções, de Londrina, que venceu a licitação para executar a obra, iniciaram a descarga da tubulação e o processo de limpeza da área. “Esta obra é mais um passo importante na construção do anel viário, um programa que nós lançamos para garantir um novo tempo na mobilidade urbana de Arapongas”, afirmou Sérgio Onofre.
A obra, avaliada em R$ 2.990.000,00, vai compreender a pavimentação de um trecho de aproximadamente 500 metros, ligando a Rua Dó-Ré-Mi, no Novo Imperial, à Rua Xororó Negro, no Novo Centauro, uma ponte com vão de 25 metros transpondo o Ribeirão Tabapuã, tubulação e infraestrutura de drenagem, paisagismo, iluminação pública e outros benefícios. Segundo a Secretaria Municipal de Obras, também faz parte do projeto a interligação asfáltica de quatro ruas que hoje terminam em uma área de pastagem, gerando dificuldade para os moradores e inclusive para o caminhão que faz a coleta de lixo. São elas as ruas Saíra da Serra, Atobá Australiano, Bem-te-vi Assobiador e Urutau Pardo. Essas vias agora passam a ter ligação entre si e delas com a interligação dos bairros. O prazo para conclusão é de até nove meses, porém os representantes da construtora garantem que a obra será entregue antes. Terminada a limpeza, a construtora vai iniciar a abertura da rua, o que está programado já para a próxima semana.
A assinatura ocorreu na Rua Chororó Negro, no Novo Centauro, contando com a presença do vice-prefeito Jair Milani, do presidente da Câmara, Osvaldo Alves dos Santos, dos vereadores Miguel Messias, Paulo César de Araújo, Márcio Nickenig, Antônio Carlos Chavioli e Levi Xavier, além de secretários municipais e pessoas da comunidade.

MORADORES COMEMORAM – O início das obras de interligação dos bairros Morumbi e Novo Imperial ao Novo Centauro foi comemorado por moradores da região. “Eu acho que essa obra vai valorizar toda essa nossa região. Gostei muito”, comenta a dona de casa Márcia Cristina Medeiros, 40 anos, moradora do Novo Centauro. “Estamos esperando essa ligação de bairro tem 23 anos. Que bom que ela finalmente vai virar realidade”, afirma o aposentado Sebastião Lopes, de 73 anos. “Quem paga imposto quer ver coisas boas acontecendo. Política não pode ser briga e coisa ruim, tem que ser trabalho e coisa boa para a população”, afirma Antônio Francisco da Silva, aposentado, 87 anos. Os dois residem na Rua Chororó Negro.