Novos golpes na internet surgem o tempo todo e o mais recente exemplo é conhecido como “golpe dos nudes”. O esquema, que configura extorsão, começa quando um agente malicioso faz um perfil falso no Facebook, com o perfil que mostra uma mulher atraente, e aborda homens com idades que variam entre 30 a 50 anos, enviando mensagens picantes e sugerindo a troca de fotos íntimas.

O delegado chefe de Apucarana, Marcus Felipe da Rocha Rodrigues, da Polícia Civil, diz que não tem conhecimento desse golpe, mas conta que registrou um caso parecido recentemente em Cambira. “Um homem de Cambira entrou em contato com a gente e disse que sabe ao certo como o “nudes” foi enviado para outra pessoa. Ele acredita que pode ter sido o filho dele. Porém, uma pessoa dizendo ser delegado no Rio Grande do Sul começou a exigir dinheiro em troca da foto”, explica. 

O delegado de Apucarana ainda faz um alerta para que as pessoas fiquem atentas à esses golpes. comuns pela internet. “É bem comum cair em golpes. Por isso, fiquem atentos aos diversos tipos, como da OLX, do amor, entre outros”, esclarece. 

Em Apucarana, um caso parecido circulou através das redes sociais e por vergonha, não procuram as autoridades.  Outro caso aconteceu em Borrazópolis e também foi comentado nas redes sociais. Um homem mandou uma foto do órgão genital e os estelionatários disseram para a vítima que iria enviar para sua família. Com medo, o homem depositou R$ 2 mil para os golpistas.