Hoje, 05, comemora-se o Dia Mundial do Meio Ambiente. Com isso, a Secretaria Municipal de Agricultura, Serviços Públicos e Meio Ambiente (Seaspma) reforça as ações que têm sido desenvolvidas no município, com um olhar atento ao tema. Entre elas, destacam-se os projetos de recuperação e preservação das nascentes, como o “Água Limpa” executado pelo IDR-Paraná (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná Iapar – Emater), em parceria com a Prefeitura de Arapongas, através da Seaspma, Sanepar e Unopar, além do apoio do Conselho de Defesa do Meio Ambiente (Condema), Clubes de Serviço (Rotary e Lions), Integradoras Seara e Granjeiro, Fortmag e agricultores.   Lançado em 2018, o projeto busca a melhoria da qualidade de vida, através de abastecimento de água potável. As ações consistem na limpeza geral das nascentes, visando retirar possíveis impurezas (etapa realizada pelo agricultor). Em seguida, são depositadas em toda a área das nascentes pedras irregulares (pedra ferro, sem fundo amarelo), visando realizar o processo de filtragem física da água. Na sequência, fez-se a colocação dos canos ladrões, de abastecimento das caixas d’água. Por fim, são lacradas as nascentes com uma mistura de solo com cimento (três partes de solo para uma parte de cimento). Cerca de 10 nascentes já receberam tais serviços.

Destaque também para o Plano Municipal de Arborização Urbana de Arapongas, projeto que conta com ações da Secretaria Municipal de Agricultura, Serviços Públicos e Meio Ambiente (Seaspma) e elaborado pelo Instituto de Tecnologia e Desenvolvimento Econômico e Social (ITEDES), vinculado à Universidade Estadual de Londrina (UEL). Em ação inédita em Arapongas, o novo plano tem como principais objetivos definir diretrizes do planejamento, implantação e manejo da Arborização Urbana Municipal, promovendo a arborização como um instrumento de desenvolvimento urbano, qualidade de vida e equilibro ambiental.

Além das ações rotineiras e importantes que buscam preservar o meio ambiente, tais como roçagem de terrenos e espaços públicos, fiscalização e medidas cabíveis em situações de descarte irregular de lixo, edições do bota-fora de lixo eletrônico, lâmpadas e pneus, entre outros. “ Arapongas tem se postado de maneira correta, buscando sempre o desenvolvimento sustentável, ou seja, aquela que satisfaz as necessidades presentes, sem comprometer as gerações futuras, e visando sempre em primeiro lugar a preservação em geral da vida”, enfatiza o diretor do meio ambiente, Jacídio Silva.

Um cronograma de atividades estava previsto em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, contudo, diante da pandemia do coronavírus (Covid-19), todas foram adiadas.