Desde 2005, o Projeto Crescer, da Casa do Bom Menino de Arapongas, já atendeu mais de três mil meninos e meninas do 6º ao 9º ano com assistência social e educação integrada. Com a chegada da pandemia, porém, as aulas presenciais foram suspensas. Desde o início de julho, o Projeto colocou no ar o “Portal do Aluno” e começou a disponibilizar aulas on line. No entanto, visitas domiciliares mostraram que muitos alunos não estão conseguindo acompanhar as aulas porque não têm os equipamentos ou têm, mas com uma configuração inadequada. “Diante disso, estamos lançando a campanha Conexão Solidária, de doação de computadores, tablets ou smartphones que vão permitir também a esses alunos o acesso às aulas e tarefas disponibilizadas pela nossa equipe pedagógica”, afirma o empresário Paulo Pennacchi, presidente do Projeto Crescer e da Casa do Bom Menino de Arapongas.

Em caso de tablet, a configuração mínima deve ser com as seguintes especificações: entrada para chip de telefonia celular (3G ou 4G), 32 GB de memória física e 4 GB de RAM e no mínimo 7 polegadas; Android 9 – Quad Core. Em caso de desktop ou notebook, a configuração mínima é de um processador core i3 5ª. geração (ou similar AMD); pelo menos 320 GB de memória física e no mínimo 4 GB de RAM; teclado, mouse e monitor (caso seja desktop). Em caso de smartphones no mínimo 16 GB de armazenamento, 1GB de RAM e Android 9 (ou IOS similar). “Contamos com a sensibilidade das pessoas que têm condições e que podem ajudar. Nossa experiência à frente do Projeto mostra que há todo um mundo de possibilidades que se abre para essas crianças e jovens quando têm acesso pleno aos benefícios da educação e da formação”, acrescenta Pennacchi.

Funcionando em contra-turno, o Projeto oferece oficinas pedagógicas, culturais e esportivas: Português, Matemática/Raciocínio Lógico, Inglês, Espanhol, Informática, Treino de Futebol, Cidadania, Treino Neurocognitivo, Tarefa, Produção Textual, Karatê, Leitura, Recreação, Musicalização, Aprendizagem e Desenvolvimento, Arte e Pintura, Canto/Coral, Dança, Teatro, Flauta Doce, Teclado, Fanfarra, Capoeira e Chocolate. Tudo isso sem qualquer custo para os alunos ou suas famílias.

Os interessados em fazer sua doação devem entrar em contato pelos telefones (43) 3252-1784, (43) 3252-0874, (43) 98819-4541. Falar com Claudinei, Júnior ou Aline.