A Prefeitura de Arapongas, através da Vigilância Sanitária e da Guarda Municipal, começou na noite da última quarta-feira (25) o arrastão para identificar estabelecimentos que estão descumprindo os decretos municipais com medidas de enfrentamento ao coronavírus (Covid-19). “Vários proprietários de estabelecimentos foram orientados, sendo que todos acataram as solicitações repassadas pelos fiscais. A operação segue nesta quinta-feira e se estenderá na sexta e por todo o final de semana. Aqueles que, depois das orientações, estiverem reincidindo, sofrerão as sanções previstas no decreto”, afirma o secretário municipal de Segurança e Trânsito, Paulo Sérgio Argati.
Segundo ele, no primeiro dia somente um restaurante e lanchonete localizado às margens da PR-218, não possuindo a documentação necessária para o funcionamento e apresentando outras irregularidades em desacordo com o decreto municipal de enfrentamento ao coronavírus, foi interditado até que seja regularizada a situação tributária, além de ter sido lavrada uma multa no valor de R$ 2.126,80. “Nossa expectativa é de que o volume maior de infrações ocorra no final de semana, a começar pela noite dessa sexta-feira. Vamos conferir”, acrescenta Argati.
O secretário municipal da Saúde, Moacir Paludetto Júnior, afirmou que a fiscalização não tem prazo para terminar. “Enquanto a situação de pandemia persistir, vamos manter a fiscalização na rua e a cobrança para que os estabelecimentos estejam de acordo com as medidas recomendadas, como uso de máscara e álcool, distanciamento e proibição de venda de bebidas alcoólicas depois das 22 horas”, frisa o secretário.