Após reuniões junto à Secretaria Municipal de Educação, o prefeito Sérgio Onofre sinalizou nesta quinta-feira, 19, um possível retorno das aulas 100% presenciais em toda a Rede Municipal de Ensino; nas Escolas e CMEI’s para o mês de setembro. Por enquanto, apenas três escolas, sendo a Escola Municipal Dr. Antônio Grassano Junior, do Cj. Alto da Boa Vista, a Escola Municipal Professora Maria Hercília Horácio Stawinsk, do Conj. Padre Bernardo Merckel, e a Escola Municipal José de Carvalho, na região do Tropical retomaram as aulas presenciais – em sistema híbrido, ou seja, com revezamento de alunos – desde o último dia 02 de agosto. A discussão sobre um retorno às aulas leva em consideração o alto índice da vacinação contra a Covid-19 em Arapongas, além de uma significativa redução do número de pessoas contaminadas, casos positivos e óbitos pela doença. No último dia 04, o Ministério da Educação e o Ministério da Saúde estabeleceram um protocolo para o retorno seguro das aulas presenciais, com recomendações que seguem medidas que atendem condições necessárias para a segurança dos alunos e dos trabalhadores da Educação. “ Temos feito análises específicas para um retorno seguro às salas de aula. Muitos pais têm apoiado a retomada das aulas presenciais. Estamos estudando essa proposta, e se for realmente viável, vamos retomar o ensino presencial do município no próximo dia 1º de setembro”, disse Onofre.
CUIDADOS

Com o retorno das aulas presenciais, a Secretaria de Educação reafirma reforço total nos protocolos sanitários no combate à pandemia. As três escolas que inicialmente retomaram as atividades presenciais (sistema híbrido) se prepararam previamente, colocando em prática medidas de segurança; como uso de máscaras, serviços de desinfecção, distanciamento nas áreas coletivas, espaçamento entre as carteiras, disponibilização de álcool em gel, tapete de higienização, medição de temperatura, além de cartilhas de orientação estampadas nas paredes das instituições. Tais medidas também foram tomadas nas demais escolas e Cmei’s, tendo em vista que periodicamente, os pais ou responsáveis pelos alunos faziam a retirada das atividades educacionais para aplicação em casa. Período em que também os professores se revezavam nas instituições para a elaboração das aulas on-line.  
De acordo com o secretário da pasta, Luiz Roberto dos Santos, o professor Peta, tudo tem sido estruturado de maneira positiva. “ Já vemos o retorno presencial em outras cidades do Paraná. O sistema híbrido nas três escolas de Arapongas rendeu resultados positivos, o que nos faz pensar em uma retomada em todas as instituições, agora, de maneira totalmente presencial”, falou.